11 de jul de 2010

Pega Ladrão!



Estávamos todos em casa: Eu, meus pais, meu irmão e minha cunhada. Meu irmão resolveu sair, ele queria comprar um móvel para sua futura casa nova. Minha mãe não queria ir:

“-Estou desarrumada, eu não vou sair com essa roupa!”

Ela vestia uma bermuda, uma camiseta e chinelos, e estava com o cabelo preso. Meu irmão tanto insistiu, que ela foi. Eu entrei no carro e tirei ele da garagem. Já na rua, passei para o banco de trás, mas me lembrei que estava fazendo algo importante em casa.
Então disse:

“-Acho melhor eu ficar em casa. Tenho que terminar uma coisa.”

Saí do carro e voltei para dentro de casa. Curioso como deixamos a casa escancaradamente aberta. Não trancamos sequer a porta da frente. Pensei: “Ainda bem que não fui.”

Ouvi um barulho de coisas se mexendo. Corri para a porta dos fundos para verificar o que era. No alpendre existia uma área coberta e um quintal descoberto. Os ambientes eram separados por um grande vidro blindado que terminava no telhado. Do lado da área coberta, havia uma porta que dava pra lavanderia, que, pra minha sorte, estava trancada.

Vi 3 garotos. Pareciam ladrões, e me encaravam com cara de malandragem. Aquele tipo de cara que você faz quando quer fazer alguma coisa errada. Eles se aproximavam da divisória de vidro, e eu cagava nas calças de medo deles. Então, tive uma brilhante idéia: Fui na cozinha e peguei duas facas grandes, dessas de churrasco. Fui pra fora, onde estavam os muleques. Fiz uma cara de malvada e comecei a movimentar as facas, encostando-as no vidro, pra fazer medo. Então um a um, eles corriam em minha direção, e quando viam a faca, faziam a volta e corriam na direção contrária. E fizeram isso umas 2 ou 3 vezes, acho que para terem a certeza de que eu ainda estava ali.

3 comentários:

  1. ai meu Deus hehehehehe que mente, hein Aninha? hehhe

    beijo

    ResponderExcluir
  2. Eu tinha esses sonhos com ladrões direto quando eu era mais novo, aqui em casa são dois andares e ai ficava mais tenso ainda, chegava a acordar suando frio. E o alívio que dava quando acordava e via que não tinha nada rs. Eu era meio traumatizado com esse negócio de entrar ladrão aqui dentro de casa, mas depois de uns 13 anos eu acho, foi passando. Hehe, de qualquer forma me solidarizei com seu sonho =P

    ResponderExcluir